Samsung desafia a Apple com o Galaxy Z Flip e o novo Galaxy S20

O fabricante sul-coreano está procurando se diferenciar optando por um novo conceito de telefone celular dobrável e abraçando decisivamente o 5G. O Galaxy Z Flip chegará no dia 14 de Fevereiro por 1.500 euros.

A Samsung quer assumir a liderança da Apple na corrida de 5G e na luta para encontrar novos formatos de sucesso que irão revitalizar as vendas da indústria. Enquanto a Apple aproveita o sucesso comercial do iPhone 11, que devolveu à empresa o caminho do crescimento e lhe deu a liderança mundial por unidades vendidas, a Samsung está confiante que a sua nova gama de terminais premium continuará a ser uma referência entre os fabricantes Android, numa altura marcada pela difícil situação que a Huawei enfrenta.

Depois dos problemas com o Galaxy Fold, seu primeiro celular dobrável, o fabricante sul-coreano está mais uma vez investindo neste formato com o Galaxy Z Flip. A Samsung quer hastear a bandeira do design com um dispositivo ultra-compacto em formato de concha do tamanho de um mini-portfólio, que é exibido em uma tela de 6,7 polegadas. Depois de sofrer o inconveniente de usar um material de polímero no Galaxy Fold, o fabricante está agora optando por uma tela de vidro dobrável com uma visão cinemática em um celular que tem as câmeras da família Galaxy S10, 256 Gb de memória e 8 Gb de RAM. O terminal terá acesso ao YouTube Premium.

O terminal, que já pode ser reservado, estará à venda em 14 de fevereiro em todo o mundo a um preço de 1.380 dólares, muito abaixo dos 2.000 euros do primeiro telefone dobrável da empresa. O alto preço e os problemas de exibição das primeiras unidades do Galaxy Fold limitaram as possibilidades de um dispositivo do qual a empresa vendeu cerca de um milhão de unidades. O preço também é inferior ao do seu concorrente Motorola Rarz, que custa 1.600 euros.
Família New Galaxy S20

Galáxias S 20 (6,2 “), S 20+ (6,7″) e S 20 Ultra (6,9”). Os dois primeiros serão nas versões 4G e 5G, enquanto os equipamentos mais premium só serão vendidos em seu modelo pronto para as novas redes ultra-rápidas. O 5G é uma das principais apostas da Samsung para este ano. Espera-se que a Apple incorpore esta tecnologia no sucessor do iPhone 11, que chegará neste Outono. No entanto, o atraso contra os concorrentes no ecossistema Android não está a afectar a multinacional americana.

Consciente de que a câmera é um dos grandes elementos de decisão na escolha de um terminal, a empresa decidiu mudar o hardware com novos sensores na óptica tripla que procuram melhorar a captação de imagens em movimento, em ambientes com condições de iluminação precárias e aqueles captados a grande distância. A câmera do modelo Galazy S 20 Ultra atinge uma resolução de 108 megapixels e tem um zoom de até 100 vezes. Nos outros dois modelos, com uma câmera de 64 megapixels, o zoom é de até 30x.

Além disso, os aparelhos têm uma atualização de tela de 120 hertz para uma melhor experiência de jogo ou visualização de mídia e, pela primeira vez, permitem a gravação de vídeo de 8K. A bateria também é atualizada para 5.000 mAH para dar mais autonomia. A capacidade é de 128 Gb para a entrada de gama, 256 Gb para o modelo de gama média e 512 Gb para o S20 Ultra.

A Samsung vai oferecer os novos auscultadores Galaxy Buds+ aos clientes que reservarem o produto no período de pré-compra que abre hoje. Os preços variam entre os 909 euros e os 1.559 euros. A título de comparação, no ano passado foi lançada a família Galaxy S10 com um intervalo de preços entre os 759 e os 1.609 euros. O preço do iPhone 11 está entre 809 e 1.659 euros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *